domingo, 24 de fevereiro de 2013

Eu tinha um caminhão.


O que escrevo aqui não é poema nem verso não
Pois eu tinha um caminhão
Caminhão esse que me dava emoção
Partiu meu coração quando vendi num momento de aflição
Até hoje me lembro do meu velho e querido caminhão
Se eu tiver que começar de novo compraria um caminhão
Ah meu LP cara chata que meu coração se alegrava
Em ver o cara chata na estrada
Assim foi meu caminhão
Vendi e fiquei sem minha paixão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário