quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Frases de para-choque.

Beijo é igual ferro elétrico: liga em cima e esquenta embaixo.
Não mando minha sogra pro inferno porque tenho dó do diabo.
A velocidade que emociona é a mesma que mata.



Um falso amigo é um inimigo secreto.
Quem ama a rosa suporta os espinhos.
Se casamento fosse bom não precisaria de testemunhas.
Preguiça é o habito de descansar antes de estar cansado.
Direito tem quem direito anda.
Mulher é como índio: pinta-se quando quer "briga".
Para que um olho não invejasse o outro, Deus colocou o nariz no meio!!
O amor é livre; o sexo é pago.
Quando homem valer dinheiro, baixinho serve de troco
Sogro rico e porco gordo só dão lucro quando morrem.
Cada ovo comido é um pinto perdido.
Cana na fazenda dá pinga; pinga na cidade dá cana.
Pobre é como cachimbo: só leva fumo!!
Mulher é como remédio: agita-se antes de usar.
Casei-me com Maria, mas viajo com Mercedes.
Se não fosse o otimista, o pessimista nunca saberia como é infeliz.
A calunia é como carvão: quando não queima, suja.
A mata é virgem porque o vento é fresco.
Em casa que mulher manda até o galo canta fino.
Em poço que tem piranha macaco bebe água de canudinho
Mulher é como laranja: a gente descasca e chupa
Seja paciente na estrada para não ser paciente no hospital
Se a mulher foi feita de uma costela, imagine se fosse feita do filé?!
Meu computador não conversa, computa
Mulher é como relógio: deu o primeiro defeito, nunca mais anda direito!
Se pinga fosse fortificante o brasileiro seria um gigante.
Mulher é como abelha: ou dá mel ou ferroada.
Quem inventou o trabalho não tinha o que fazer!
Pobre só fica de barriga cheia quando morre afogado
A cal é virgem porque o pincel é brocha
Não sou orquestra, mas vivo no conserto
Mulher deixa o rico sem dinheiro e o pobre sem vergonha
Mulher feia e morcego só saem `a noite.
Beijo de mulher casada tem gosto de chumbo.
O bom não é ser importante: o importante é ser bom!!
Duas coisas matam de repente: vento pelas costas e a sogra pela frente
Aqui jaz a minha sogra: descanso em paz!
Aqui jaz a minha sogra que viveu enchendo o saco, não tendo mais o que encher, veio encher esse buraco.
Sou grande porque respeito os pequenos.
Mulher é como lona de freio: só é boa encostada.
Mulher e arvore só dão galho.
Malandro é o sapo que casa e leva a mulher pra morar no brejo.
Pra quem sabe ler, um pingo é letra...! Motorista é igual bezerro: só dorme apertado

Nenhum comentário:

Postar um comentário